Vagas Disponíveis

Preencha corretamente os campos abaixo para que verifiquemos a disponibilidade de vagas:

Pousada do Príncipe | O que fazer em Paraty
15127
page,page-id-15127,page-template-default,ajax_fade,page_not_loaded,boxed,,qode-title-hidden,side_menu_slide_from_right,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive
banner-paraty
extras-12

PRAIAS

Paraty fica entre o Rio de Janeiro e São Paulo, na costa sudeste brasileira. Entre o mar e a montanha. Aos fundos, a Serra da Bocaina descansa primorosa, renovando o clima úmido e agradável do local. O mar, maior atração da natureza regional, tem praias famosas, atraem turistas do Brasil e do mundo e oferecem diferentes experiências para diferentes perfis dos visitantes: desde ondas para surfe até águas mais calmas para os adeptos da contemplação. Veja quais são as 45 praias de Paraty:

Praia do Caixa d´aço

Praia do Codos

Praia do Meio

Praia dos Ranchos

Praia de Fora

Praia do Cepilho

Praia Brava

Praia da Galeta

Praia Vermelha

Praia das Laranjeiras

Praia do Sono

Praia de Antigos

Praia de Antiguinhos

Praia da Ponta Negra

Praia Martim de Sá

Praia Pouso da Cajaiba

Praia da Amendoeira

Praia do Sobrado

Praia Paraty Mirim

Praia Saco da Velha

Praia da Conceição

Praia da Lula

Praia Vermelha

Praia de Santa Rita

Praia do Baré

Praia Engenho D´Água

Praia do Jurumirim

Praia Bom Jardim

Praia Joaninho

Praia da Boa Vista

Praia do Pontal

Praia do Jabaquara

Praia do Corumbê

Praia Grande

Prainha

Praia do Engenho Velho

Prai da Graúna

Praia Jundiaquara

Praia da Barra Grande

Praia de São Roque

Praia do Taquarí

Praia do Humaitá

Praia do São Gonçalo

Praia da Tatituba

Praia da Batanguera

CACHOEIRAS

 

As cachoeiras também disputam a atenção dos turistas que querem se refrescar no calor de Paraty. Uma das cachoeiras mais famosas é a Cachoeira do Tobogã, que tem um grande escorregador natural esculpido nas pedras pelo curso da água e que recebe até campeonatos de surfe na pedra. Veja quais são as 13 cachoeiras da cidade:

Cachoeira da Pedra que Engole e Poço Fundo

Cachoeira da Praia Brava de Trindade

Cachoeira da Ponta Negra

Cachoeira da Martin de Sá

Cachoeira da Cajaíba

Cachoeira das Andorinhas

Cachoeira do Tarzan

Cachoeira do Tobogã

Cachoeira da Pedra Branca

Poço do Inglês

Cachoeira da Grauna

Cachoeira do Iriri

Cachoeira do Taquari

extras-18
extras-14

ESPORTES E ECOTURISMO

 

Quem gosta de esportes de aventura e de ecoturismo vai encontrar em Paraty o local perfeito para viver novas experiências. Cercada por parques preservados, a cidade está cravada entre a serra e o mar, o que já dá a ideia das inúmeras trilhas, montanhas, rios e cachoeiras à disposição dos visitantes. Em Paraty, é possível alugar bicicletas e conhecer a área sentindo o ar fresco no rosto ou apostar em um potente 4×4 para desvendar os cantos mais complicados da mata. Além disso, existem circuitos de mergulho, trecking, arvorismo, rafting, surfe e eventos voltados à observação de aves nativas.

GASTRONOMIA

Como na maioria das cidades turísticas, a gastronomia é um dos pontos fortes de Paraty. Com restaurantes e bares para todos os gostos e bolsos, a cidade abriga casas que valorizam ora a feitura rústica e afetiva da comida, ora a sofisticação da gastronomia internacional.

Além de restaurantes icônicos como o Banana da Terra, Punto Di Vino, Caminho do Ouro e Voilà Bistrot, a cidade mantém tradicionais eventos como a Folia Gastronômica, Festival da Pinga, Festival do Camarão, entre outros que exaltam a gastronomia e cultura local.

IMG-GASTRO
extras-23

VIDA NOTURNA

 

Restaurantes, cachaçarias, choperias, boates e cervejarias compõe o cenário da vida noturna de Paraty. As casas coloniais dão um charme todo especial às noites na cidade, que tem suas ruas de pedra iluminadas por lampiões e pela lua, fazendo caminho para milhares de pessoas que buscam diversão.

BANNER-PONTOS

Paraty é toda história e percorrer suas ruas é quase uma aula a céu aberto. Veja alguns pontos turísticos históricos que você não pode deixar de visitar:

extras-15

CENTRO HISTÓRICO

 

O seu calçamento conhecido como “pé-de-moleque” cobrem as ruas que traçam o bairro histórico, de modo a ligar os pontos nascente e poente do sol e suas construções obedecem a rígidas regras de manutenção. O Centro Histórico, considerado pela UNESCO como “o conjunto arquitetônico colonial mais harmonioso” é tombado pelo IPHAN e mantido como Patrimônio Nacional tombado.

extras-22

ARQUITETURA

 

A cidade guarda verdadeiros tesouros quando o assunto é arquitetura. Entre as construções datadas dos séculos XVII e XVIII, exemplares de vanguarda da arquitetura militar e religiosa coexistem em harmonia, fazendo com que cada canto da cidade seja um túnel vivo de um tempo remoto.

extras-9

CAMINHO DO OURO

 

Construída pelos escravos entre os séculos XVII e XIX, a Estrada Real é emoldurada pela exuberante Mata Atlântica do Parque Nacional da Serra da Bocaina.   Nos séculos XVII e XVIII, o caminho ligava Minas Gerais ao Rio de Janeiro e a São Paulo, já que Paraty fazia o papel de entreposto comercial no chamado Ciclo do Ouro neste período.

CONFIRA AGENDA CULTURAL DA CIDADE

DE PARATY 

Clique aqui